loader
Projeto de iniciação científica em escola de educação infantil é destacado em Grande Expediente

Projeto de iniciação científica em escola de educação infantil é destacado em Grande Expediente

Uma iniciativa da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Pintando o Sete mostra que não há idade para ser um pesquisador. Lá, crianças de cinco e seis anos se transformam em pequenos cientistas e exploram o mundo da Iniciação Científica. Na sessão de terça-feira, 3, o trabalho da escola foi tema de Grande Expediente proposto pelo vereador Cris Moraes (PV).

O parlamentar destacou, em sua fala, a importância de incentivar entre as crianças o interesse pela pesquisa e por temas relacionados ao meio ambiente. Segundo ele, a iniciativa chamou sua atenção e, por isso, decidiu visitar a escola para conhecer o projeto de perto e ouvir os relatos dos alunos. Cris salientou que, em geral, a Iniciação Científica está associada à pesquisa acadêmica. "Parabéns a todo o corpo docente da escola. Vocês conseguiram aproveitar o processo cognitivo da primeira infância e transformá-los, com certeza, em adultos melhores", enfatizou.

A II Feira de Iniciação Científica da EMEI Pintando o Sete foi realizada na Universidade La Salle, apoiadora do evento. Por meio de pôsteres, os alunos apresentaram suas pesquisas e puderam explicar como foi todo o processo, da escolha do tema até a coleta de dados e a conclusão do trabalho.

A professora Ana Cristina Pedroso, uma das orientadoras da atividade, destacou que as próprias crianças sugeriram os temas sobre os quais tinham curiosidade e gostariam de saber mais. "A educação infantil também é um espaço de aprendizagem. É possível, sim, produzir ciência e incentivar pequenos cientistas", ressaltou.

As alunas Isadora Fróes e Valentina Ribeiro Garcia da Silveira participaram do Grande Expediente e demonstraram sua preocupação com a preservação do meio ambiente. As pequenas cientistas aproveitaram para sugerir aos vereadores ideias com o objetivo de reduzir o consumo excessivo sacolas e canudos plásticos.

Texto: Assessoria de Imprensa