loader
Grande Expediente alerta para a importância da doação de órgãos

Grande Expediente alerta para a importância da doação de órgãos

Na próxima sexta-feira, 27 de setembro, comemora-se o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos. Para marcar a data e conscientizar sobre a importância do tema, um Grande Expediente realizado nesta terça-feira (24/9) reuniu familiares de doadores e pacientes transplantados. O espaço foi proposto pelos vereadores Emilio Neto (PT) e Patteta (Progressistas).

Uma das histórias contadas foi a de Victor Veloso Caetano, de 12 anos, que faleceu em 2017. Em meio a dor pela perda precoce do filho, a enfermeira Adriana Veloso Caetano decidiu doar os órgãos do menino e encontrou uma motivação para ajudar outras pessoas. "É preciso muita coragem para doar. Isso nos faz pensar em quantas vidas poderemos salvar", ressaltou a mãe.

A decisão de autorizar a doação de órgãos de familiares representa a vida para os pacientes que vivem a angústia da fila de espera por um transplante. Foi o caso do servidor público Paulo Rogério de Figueiredo, que celebra quase 12 anos da realização de um transplante de fígado. "Agradeço todos os dias por estar vivo e próximo das pessoas que mais amo. Tenho muita gratidão àquela mãe, pai, esposa e filho que, no momento mais difícil de suas vidas e em um dos gestos mais nobres que o ser humano pode ter, autorizaram a doação", afirmou.

A enfermeira responsável pela captação de órgãos do Hospital do Pronto Socorro de Canoas (HPSC), Lidiane Couto Braz, enfatizou a importância de comunicar aos familiares o desejo de se tornar doador de órgãos. Segundo ela, o HPSC já foi o primeiro em captação de órgãos no Rio Grande do Sul, chegando a registrar 50 notificações de morte encefálica e 40 doadores em um ano. Em 2019, até o momento foram 30 notificações e 15 doadores.

O vereador Emilio Neto ressaltou que a doação de órgãos é um assunto que precisa de divulgação e envolvimento. "Muitas vidas seriam poupadas se trabalhássemos mais isso e aqueles que partem continuariam vivendo na vida de outros", salientou.