loader
Ruas do Loteamento MQ-4 recebem nomes de lideranças femininas

Ruas do Loteamento MQ-4 recebem nomes de lideranças femininas

Projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal, nesta quinta-feira, 23, denomina seis ruas do Loteamento MQ-4, no bairro Guajuviras. A escolha dos nomes presta homenagem a mulheres que tiveram papel relevante no trabalho comunitário na cidade. A proposição é da vereadora Maria Eunice (PT).

A votação do PL 01/19 foi marcada pela emoção dos familiares das homenageadas, que receberam um certificado com a futura denominação das vias. O processo de definição dos nomes abrangeu a consulta e discussões com a comunidade, o que resultou na escolha de mulheres que tiveram uma trajetória de luta nas áreas da saúde, educação, assistência social e habitacional (ou fruto das ocupações) ou atuação em entidades.

A vereadora Maria Eunice enfatizou que a denominação de ruas é mais do que um ato legislativo, trata-se de uma questão de cidadania. A escolha dos nomes, segundo ela, busca garantir o protagonismo feminino e eternizar o trabalho de mulheres que fizeram a diferença na vida dos canoenses. "Elas transformaram a vida das pessoas nas suas comunidades”, afirmou.

A proposição denomina as ruas 5, 6, 7, 8, 9 e 10, que passam a ter, respectivamente, os seguintes nomes: Terezinha Farias, Tia Isabel Flores, Professora Rejane Varallo Morais, Parteira Maria Martins, Guarda Rosane Aparecida Delazari e Maria da Gloria Silva dos Santos. Em novembro de 2018, a Câmara já havia aprovado projeto de lei, também de autoria de Maria Eunice, que denominava cinco ruas do Loteamento MQ-4. Essas vias também receberam nomes de mulheres que tiveram uma trajetória de luta no município.

Projeto denomina prolongamento da Avenida Hispânica

Também foi aprovado pela Câmara Municipal, na sessão desta quinta-feira, o projeto de lei 02/19, apresentado pela vereadora Maria Eunice, que denomina o prolongamento da Avenida Hispânica no MQ-4. Segundo a autora, durante o processo de discussão com a comunidade para a denominação de ruas do loteamento ficou constatado que o trecho do prolongamento da avenida não tinha denominação em lei, o que dificulta para os moradores o recebimento de correspondências.


Ver imagem em alta resolução

 
Ver imagem em alta resolução


Ver imagem em alta resolução


Ver imagem em alta resolução