loader
Ações de combate à dengue são apresentadas na Câmara

Ações de combate à dengue são apresentadas na Câmara

As ações de combate à dengue no município foram tema de Grande Expediente realizado, nesta terça-feira, 21, na Câmara. O secretário municipal de Saúde, Fernando Ritter, e a diretora de Vigilância em Saúde, Henriete Santos, apresentaram as principais medidas adotadas pela Prefeitura e responderam aos questionamentos dos vereadores.

O espaço foi proposto pela Comissão de Saúde, presidida pelo vereador Marcus Vinícius Machado - Quinho (PDT). Foram 215 notificações de suspeita de dengue e 51 casos de caso de dengue autóctone, ou seja, contraído dentro do próprio município, conforme os dados registrados até o dia 18 de maio. Segundo o secretário, levantamento rápido realizado em março identificou maior índice de infestação de mosquito nos bairros Nossa Senhora das Graças, Harmonia, Mathias Velho, São Luiz, Niterói, Estância Velha e Olaria.

Quase metade (49%) dos locais onde foram encontradas larvas do mosquito corresponde a pequenos recipientes, como vasos de planta, garrafas pet, ralos, copos plásticos, sacolas, latas e outros materiais recicláveis. Ritter destacou que esses casos dependem da conscientização da população por envolverem cuidados caseiros. Nesse sentido, agentes de combate à dengue estão visitando casas em diversos bairros para identificar e eliminar focos de criação do mosquito Aedes aegypti. Os profissionais também conversam com os moradores sobre os cuidados a serem tomados para evitar o acúmulo de águas em pátios.

Para facilitar o acesso dos agentes às residências, as visitas têm ocorrido no final da tarde, quando as pessoas já retornaram do trabalho, conforme a diretora de Vigilância em Saúde. Outras medidas para evitar a proliferação do vírus inclui o bloqueio químico, realizado nas proximidades do local onde há suspeita de casos de dengue. Henriete explicou que houve, por precaução, uma ampliação do raio de pulverização de inseticida de 150 para 300 metros dos locais onde há suspeita de casos. Além disso, a rede municipal de assistência em saúde está preparada para o diagnóstico precoce e tratamento da doença, inclusive, realizando testes rápido em Unidades de Pronto Atendimento. Os 51 casos de caso de dengue autóctone ocorreram nos bairros Mathias Velho (40), Niterói (8), Rio Branco (1), São José (1) e Harmonia (1).