loader
Aprovada moção de repúdio contra o reajuste da tarifa da Trensurb

Aprovada moção de repúdio contra o reajuste da tarifa da Trensurb

Os vereadores aprovaram, nesta quinta-feira, 7, moção de repúdio contra o reajuste da tarifa do bilhete unitário da Trensurb, que passará de R$ 3,30 para R$ 4,20 a partir da próxima semana. O requerimento, apresentado pelo vereador Dario da Silveira (PDT), foi assinado pelo conjunto de parlamentares.

O documento se apresenta "em defesa da empregabilidade, da inclusão social e mobilidade urbana que devem ser oportunizadas pelo transporte coletivo de massa”. Durante a votação, Dario enfatizou que o novo aumento, somado ao anterior, aplicado há um ano, quando a tarifa passou de R$ 1,70 para R$ 3,30, compõe um acréscimo de 147%. Segundo ele, a intenção é ingressar na Justiça, juntamente com outras câmaras legislativas, contra o aumento.

A moção cita dados recentes do IBGE, que apontam que o desemprego subiu em 12% no mês de janeiro, atingindo 12,7 milhões de trabalhadores. "Com esse reajuste tarifário, eles enfrentarão ainda maior dificuldade para conseguir uma nova colocação no mercado de trabalho, uma vez que faltarão recursos para o transporte. Do mesmo modo, não é concebível que uma empresa pública priorize o lucro, ao invés de pautar suas atividades na prestação de um serviço de qualidade, com preços acessíveis à população usuária, que neste caso é composta sabidamente por pessoas de média e baixa renda”, diz o texto.