loader
Grande Expediente aborda certificação da EMEF Erna Würth como membro das Escolas Associadas da Unesco

Grande Expediente aborda certificação da EMEF Erna Würth como membro das Escolas Associadas da Unesco

O Programa de Escolas Associadas (PEA) da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciências e Cultura (Unesco) foi tema de Grande Expediente realizado na sessão de quinta-feira, 29. O espaço, proposto pelos vereadores Aloisio Bamberg (PCdoB) e Sargento Santana (PTB), destacou o trabalho desenvolvido pela Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Erna Würth, primeira da rede pública de Canoas a integrar a rede do PEA.

A Erna Würth, localizada no bairro Guajuviras, conquistou o selo da Unesco no mês de setembro, a partir de um projeto de Educação de Jovens e Adultos (EJA) na modalidade semipresencial. Segundo a diretora da escola, Jane Machado Barbosa, a iniciativa tem três objetivos principais: a diminuição da evasão escolar nessa modalidade de ensino, tornar o aprendizado mais significativo para esse público específico e promover a alfabetização digital. O relatório sobre a ação passou pela avaliação de pedagogos de 180 países. "O trabalho das escolas públicas de Canoas é de qualidade e precisa ser reconhecido e valorizado como tal", salientou a diretora.

No município, apenas o Colégio Maria Auxiliadora integrava o PEA até então. Desde 2013, a instituição da Rede Notre Dame responde pela certificação de escolas no Rio Grande do Sul. A rede PEA no Brasil totaliza 583 escolas associadas, a segunda maior do mundo. Dessas instituições, 43% são da rede pública. "Uma escola PEA deve procurar meios inovadores e criativos para tornar o currículo e o aprendizado mais dinâmico e próximos da realidade dos alunos", explicou a professora Sueli Schabbach Matos da Silva, relatora do PEA no Estado. No RS, são mais de 14 mil alunos beneficiados.

O objetivo fundamental do PEA é criar uma rede internacional de escolas que trabalhem pela ideia da cultura da paz. Não há investimento financeiro da Unesco ou das escolas associadas. Os autores do Grande Expediente defenderam a importância de valorizar o trabalho das escolas municipais.