loader
Ulbra é homenageada pelos seus 45 anos

Ulbra é homenageada pelos seus 45 anos

Em homenagem aos 45 anos da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), comemorados em 16 de agosto, a Câmara Municipal de Canoas realizou, na sessão desta terça-feira (15/8), Grande Expediente alusivo à data. O reconhecimento foi proposto pelo vereador Gilson Oliveira (PP), que entregou uma placa comemorativa ao reitor da instituição, Marcos Ziemer.

O início da Ulbra se deu na educação de base, com a fundação da primeira escola, no ano de 1911, em Canoas. No ensino superior, a instituição iniciou suas atividades com as Faculdades Canoenses, criadas em 1972. Como universidade, efetivamente, atua desde 1988, quando foi decretada sua criação, tendo seu reconhecimento pelo Conselho Federal de Educação ocorrido um ano depois, em 1989. Expandiu sua atuação, a partir dos anos 1980, para outras regiões do país.

Atualmente, a Ulbra atua com a estrutura de educação superior presencial e a distância, com mais de 60 mil alunos – 37 mil no Estado – e a oferta de mais de 300 curso no país, além da rede de escolas de educação básica. São mais de 5 mil empregos gerados, entre funcionários, técnicos-administrativos e professores. "A Ulbra se tornou uma das principais redes de ensino no país e referência nacional e internacional”, afirmou o vereador Gilson. O parlamentar destacou o carinho especial que tem pela instituição, que lhe proporcionou o seu primeiro emprego, em 1983. "A Câmara se sente honrada em homenagear uma instituição que tanto representa na vida de tantos canoenses”, declarou.

Representando o prefeito Luiz Carlos Busato, o secretário municipal de Relações Institucionais, Airton Souza, exaltou o legado da universidade para o município e salientou que a instituição ajudou a projetar o nome de Canoas. "A Ulbra não transformou apenas o bairro São José e a cidade, mas a vida de milhares de pessoas, por meio do ensino e do saber”, enfatizou.

O reitor Marcos Ziemer agradeceu o reconhecimento do poder público ao trabalho desenvolvido pela Ulbra e lembrou que ela contabiliza mais de 215 mil profissionais formados. "A instituição também cumpre uma função social importante que não pode ser medida somente em números", frisou. Ziemer apresentou o plano de desenvolvimento institucional para os próximos cinco anos, elaborado em conjunto com a comunidade acadêmica. "Estamos nos propondo a um grande desafio, que é o de inovar o nosso modelo de aprendizagem, para que o nosso aluno saia não somente formado como profissional, mas como um cidadão crítico, responsável, ético e mais humano”, afirmou.

O Grande Expediente foi acompanhado pelo vice-presidente da Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra), mantenedora da universidade; diretor do campus Canoas, Erivaldo Diniz de Brito; membro do Conselho de Administração e Consultor de Negócios da Aelbra, Adilson Ratund; membro do Conselho de Administração e Diretor de TI da Aelbra, Erhardt Vitor Hoffmann; Capelão Geral da Aelbra, Maximiliano Wolgramm Silva; Vice-Reitor da Ulbra, Ricardo Willy Rieth; Pró-Reitor de Planejamento e Administração, José Brand; Pró-Reitor Acadêmico, Pedro Antonio Gonzáles Hernández; Capelão da Ulbra Campus Canoas, Mário Fukue; presidente da Associação dos Docentes da Ulbra (Adulbra), Ângelo Prando.