A coordenação do Comitê Gaúcho do Fórum Alternativo Mundial de Água (FAMA/RS) usou o espaço da Tribuna Popular, na quinta-feira, 28, para manifestar a preocupação com a parceria público-privada (PPP) proposta pela Corsan na área do saneamento na região metropolitana, que inclui o município de Canoas. Representando o comitê, a diretora da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal do RS, Célia Zingler, apresentou um manifesto do FAMA/RS, que reúne movimentos e organizações sociais e sindicais, ambientalistas, igrejas e universidades.

No texto, a entidade expressa a preocupação em relação à PPP do Saneamento: "Nos estados brasileiros onde ocorreram privatizações, as empresas privadas operam com taxas de esgoto muito acima do patamar de 70% cobrado sobre a tarifa de consumo de água pela nossa Corsan. Entendemos que o saneamento, como uma questão de saúde pública, tem que ser um serviço prestado pelo Estado, sob o risco de não se conseguir alcançar a universalidade, excluindo exatamente a população que mais precisa ser atendida". O documento ainda conclama que a Câmara de Vereadores realize um estudo mais aprofundado sobre o tema, com a participação da população, e realize audiências públicas para esclarecer a sociedade.

 

 

Texto: Assessoria de Imprensa

Crédito da foto: Caroline Dias 

 

Câmara Canoas

Fale Conosco

Rua Ipiranga, 123 - Centro - CEP 92010-290 - Canoas / RS
Telefone: (51) 3462-4800
Horário: segunda a quinta-feira, das 12h15min às 18h15min e sexta-feira, das 8h às 14h.
protocolo@camaracanoas.rs.gov.br
CNPJ: 89.768.535/0001-10