loader
CTS Comércio de Aparas recebe homenagem

CTS Comércio de Aparas recebe homenagem

A CTS Comércio de Aparas foi homenageada pela Câmara, nesta quinta-feira, 7, pelos 25 anos de atividade em Canoas. A empresa nasceu em março de 1993 para atuar no segmento de reciclagem de papéis e plásticos.

Os fundadores da CTS, os irmãos Thomaz e Celso Basso, receberam a homenagem do vereador Juares Hoy (PTB), que enfatizou, em seu discurso, o impacto do trabalho realizado pela empresa. "Todos os meses a empresa resgata aproximadamente seis mil toneladas de resíduos, transformando-os em matéria-prima e evitando que contaminem a natureza. Esse trabalho representa cerca de duas mil árvores que, diariamente, deixam de ser cortadas", afirmou. Atualmente, ela é a maior empresa aparista do Estado, processando 72 milhões de quilo de recicláveis por ano, que correspondem a 1.584.000 de árvores.

Juares destacou que ela se tornou, a partir de 2009, a primeira e única empresa do ramo no RS a obter a certificação ISSO 14001, garantindo excelência no cuidado com o meio ambiente. "Com a passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, nos sentimos realizados em prestar essa homenagem a uma empresa com tamanha importância no que se refere à sustentabilidade ambiental", enfatizou Juares.

O diretor-presidente da CTS, Celso Basso, lembrou o início da trajetória ao lado do irmão Thomaz, diretor-geral. Segundo ele, quando tiveram a ideia de investir em reciclagem a quantidade de resíduos crescia três vezes mais do que a população. Hoje, o crescimento chega a cinco vezes mais do que a dos habitantes. "O grupo atua dentro da cadeia produtiva da reciclagem desde a captação de resíduos até a venda de embalagens de papelão, trabalhando fortemente para o estabelecimento da logística reversa", salientou Celso. Em 2002, houve a expansão para outras regiões, com a instalação de uma sede em Caxias do Sul. Com atuação em todo o Estado, a empresa mantém a matriz em Canoas, localizada no bairro Brigadeira.

 

 

 

Crédito da foto: Caroline Dias/CMC