loader
Aprovada moção de apoio ao STF após ataque ao prédio da ministra Cármen Lúcia

Aprovada moção de apoio ao STF após ataque ao prédio da ministra Cármen Lúcia

A Câmara Municipal de Canoas aprovou, nesta quinta-feira, 12, voto de apoio ao Supremo Tribunal Federal devido ao ato de vandalismo contra o prédio onde fica o apartamento da presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, em Belo Horizonte. O documento, apresentado pelo vereador Sargento Santana (PTB), manifesta solidariedade e apoio para que a justiça continue sendo feita.

O prédio foi pichado com tinta vermelha na tarde do dia 6 de abril, depois que o voto de Carmen Lúcia foi decisivo para negar o pedido de habeas corpus preventivo, o que culminou com o decreto de prisão do ex-presidente Lula. "Vandalismo é crime. Este foi um caso de intolerância e de incitação à violência, não condizendo com a democracia brasileira", diz o texto.