No Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quinta-feira, a Câmara Municipal de Canoas realizou a cerimônia de entrega do Prêmio Picucha Milanez. Foram homenageadas 11 personalidades femininas que se destacam em suas áreas de atuação.

Na abertura da sessão, o vereador Gilson Oliveira (PP), 1º vice-presidente, fez a saudação inicial em nome dos parlamentares. Em seu pronunciamento, ressaltou que o Poder Legislativo, através de suas Bancadas, homenageia mulheres que possuem um trabalho relevante na sociedade canoense. "É um reconhecimento de toda a sociedade a mulheres que fazem a diferença em suas comunidades", afirmou.

A sessão contou com a presença da prefeita em exercício, Gisele Uequed, que destacou, em sua fala, a importância do prêmio pelo fato de ser concedido pela "casa do povo". Salientou que o trabalho desenvolvido pelas homenageadas fortalece as mulheres. "No momento em que o país vive uma grande guerra e uma disseminação de ódio nas redes sociais, as mulheres precisam estar cada vez mais ativas dentro das associações, igrejas, centros, na política, em todos os espaços. O país precisa de pessoas com visão ampla e sensibilidade", ponderou.  

O presidente da Câmara, vereador Alexandre Gonçalves (PPS) comentou o significado da entrega do prêmio: "As mulheres que aqui estão representam uma parcela de muitas guerreiras, que se destacam no seu dia a dia em suas comunidades, levando um pouco de conforto, atenção e, acima de tudo, muito amor e carinho a diversas famílias. Mas mesmo com todo o preparo e trabalho, infelizmente, sofrem com discriminação, preconceito e desvalorização". Alexandre abordou ainda os dados alarmantes relacionados à violência contra a mulher, lembrando que o tema tem sido uma preocupação constante do governo municipal e dos vereadores.

Também falaram em nome de suas bancadas: José Carlos Patricio (PSD), Cezar Mossini (PMDB), Aloisio Bamberg (PCdoB), Sargento Santana (PTB), Canhoto (SD), Cris Moraes (PV), Dario da Silveira (PDT), Emilio Neto (PT), Gilson Oliveira (PP) e César Augusto (PRB). Os vereadores relataram a trajetória das homenageadas e comentaram a contribuição de cada uma para melhorar a vida de crianças, mulheres, idosos e de pessoas com necessidades especiais.

Representando as homenageadas, Cláudia Rejane Lacerda de Almeida, indicada pela bancada do PDT, defendeu a importância do reconhecimento ao papel e valor das mulheres na sociedade. "Estamos aqui unidas querendo construir um mundo melhor, igual para todos. Deixamos de legado para as próximas gerações a garra, a resiliência e a superação feminina, sempre com alegria na alma, amor no coração e sorriso no rosto, querendo abraçar o mundo, porque é isso que nos faz mulheres", declarou.

O discurso da vereadora Maria Eunice (PT), única mulher eleita, encerrou a cerimônia. Ela enfatizou que a premiação é uma forma de manifestar o reconhecimento à luta das mulheres. Observou que todas as agraciadas, independentemente da área de atuação, representam um trabalho sistemático de altruísmo, dedicando seu tempo a melhorar a vida das pessoas. A solenidade também foi acompanhada pelo secretário municipal de Relações Institucionais, Airton Souza, e pelo secretário adjunto do Gabinete do Prefeito, Guido Bamberg.

As homenageadas de 2018

Adriana Denise Ribeiro – indicada pela bancada do PRB: Servidora pública municipal, ela integra o quadro docente da Secretaria Municipal de Educação. Foi eleita diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jacob Longoni, localizada na Vila Ideal.

Andresa Graziela dos Santos Nunes – indicada pela bancada do PP: Formada em Administração pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) e Pastora da Igreja do Evangelho Quadrangular. Implantou em Canoas, no ano de 2009, o projeto Construindo Valores, que utilizava as histórias de Jesus para desenvolver os temas transversais com alunos do ensino fundamental. Em 2012, foi convidada a implantar na cidade a Missão Quadrangular Teológica Infanto Juvenil, escola da Igreja do Evangelho Quadrangular específica para a formação de obreiros voltados ao público infanto-juvenil. À frente desta escola, nesses 6 anos, já formou 42 alunos, atendendo pessoas de diversas denominações evangélicas de Canoas e cidades vizinhas.

Ângela Correia de Fraga – indicada pela bancada do MDB: Atua na área social da Igreja Assembleia de Deus, tendo sido designada, em 2017, a trabalhar no setor 6 do bairro Guajuviras. Atualmente, participa do Círculo de Oração de Canoas, auxiliando em sua administração e atuando em programas de rádio.

Cláudia Rejane Lacerda de Almeida – indicada pela bancada do PDT: Formada em Comunicação Social pela UFRGS e mãe de dois filhos, um deles com paralisia cerebral, o que a inseriu no mundo das lutas por inclusão e acessibilidade. Membro do grupo de pais de inclusão da EMEF Erna Würt, onde lidera os movimentos pelos direitos desses alunos, presta orientações pertinentes, como atendimentos de reabilitação e benefícios sociais. Faz parte do Projeto Borboletas, que trabalha a inclusão de crianças deficientes através da fotografia, além de dar palestras de sensibilização a famílias em eventos itinerantes pelo Brasil. Desde 2005, dedica-se ao Blog Meus Frutos, onde relata suas experiências com a maternidade de uma criança com deficiência. Mais recentemente, passou a escrever e a abordar o empoderamento feminino e a violência contra a mulher.

Denise Marques Maschio – indicada pela bancada do PSD: Responsável pelo Grupo de Apoio à Adoção e coordenadora do grupo de voluntários e estagiários do Apadrinhamento Afetivo em Canoas, programa que garante a convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional. Em 2015, com outros casais e pais por adoção, fundou a organização Elo, que presta apoio à adoção, além de realizar diversas ações em seis cidades na região metropolitana.

Dirce Maria Conceição de Oliveira – indicada pela bancada do PPS: Funcionária pública municipal, completando 30 anos de serviços prestados em 2018. Liderança comunitária do bairro Niterói, atualmente atua junto à Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, com destacada atuação no Centro Integrado de Controle e Comando.

Dulce Salete Bergonci – indicada pela bancada do PT: Coordenadora da Pastoral da Criança na Paróquia São Pio X, localizada no bairro Mathias Velho. Liderança atuante nos serviços de pastorais nas comunidades, é professora aposentada da rede estadual.

Liriane Silveira da Rosa – indicada da bancada do PV: Integrante da Casa Espírita Anjos da Luz há 8 anos, onde faz um trabalho assistencial de doação de roupas e de refeições aos moradores de rua de Canoas e Porto Alegre. As refeições, preparadas em sua residência, são entregues a cada 15 dias, beneficiando cerca de 150 pessoas. Atualmente, cursa Gestão Pública na Unopar e atua como gerente de programa da SMCT.

Noemi Castro de Morais – indicada pela bancada do SDPresidente do Clube de Mães Bartolomeu de Gusmão, onde presta serviços às comunidades carentes do bairro Rio Branco.

Sandra Maders Marinho – indicada pela bancada do PTB: Ingressou na Brigada Militar em 1994, na primeira turma de policiais militares femininas de Canoas. Formada em Pedagogia pela Universidade La Salle, atuou no curso de instrutor do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), com dedicação exclusiva por cinco anos (2003 a 2007), formando mais de seis mil crianças no município. Trabalha na formação pedagógica de soldados da BM que possuem interesse em atuar como instrutores do Proerd no Rio Grande do Sul e em outros estados.

Vanda Maria Viana da Silveira – indicada pela bancada do PCdoB: Moradora do bairro Mathias Velho há 49 anos, possui trabalho reconhecido na comunidade. Atuou em projetos sociais como voluntária nas Mulheres da Paz, formando-se como Mediadora de Conflitos pelo Núcleo de Justiça Comunitária. Agente de ação social, desenvolve trabalho com as pastorais da criança no bairro, defendendo os direitos dos cidadãos na comunidade, das mulheres vítimas de violência e de idosos em situação de risco. Realiza trabalho no Centro de Prevenções às Violências, com projetos em andamento e desenvolvidos para jovens que estão evadidos ou em vias de evasão escolar.

A premiação

Instituído em 1997, o prêmio é conferido anualmente pela Câmara Municipal de Canoas e recebeu o nome Picucha Milanez para homenagear Maria Filomena Rumi Milanez, conhecida como "Vó Picucha", falecida em 1973.  Nascida em Rivera (Uruguai), em 1888, ela se mudou onde hoje é o município de Canoas, aos sete anos de idade, juntamente com sua mãe. Aos 19 anos, casou-se com Fioravante Milanez. Picucha se destacou na luta pela construção do Hospital Nossa Senhora das Graças e pelo trabalho em favor de crianças carentes. 

Câmara Canoas

Fale Conosco

Rua Ipiranga, 123 - Centro - CEP 92010-290 - Canoas / RS
Telefone: (51) 3462-4800
Horário: segunda a quinta-feira, das 12h15min às 18h15min e sexta-feira, das 8h às 14h.
protocolo@camaracanoas.rs.gov.br
CNPJ: 89.768.535/0001-10